corpo pode estar próximo ao Rio Tibagi


O corpo de Isis Victoria Mizerski pode estar em uma área próxima ao Rio Tibagi. É o que aponta uma denúncia recebida pela Polícia Civil. Equipes policiais foram até o local na manhã desta quarta-feira (29) para iniciar o trabalho de análise e buscas nesta região de Tibagi. Os bombeiros consideram, também, a possibilidade de fazer buscas com mergulhadores no leito do rio. A adolescente, de 17 anos, desapareceu no dia 6 de junho. Ela estava grávida.

O suspeito é Marcos Vagner de Souza, de 35 anos, que mantinha um relacionamento extraconjugal com Isis. Ele, que é casado e pai de três filhos, está preso e nega o crime. A polícia não descarta a possibilidade de que uma segunda pessoa tenha auxiliado Marcos a matar e esconder o corpo da vítima. O delegado Jonas Avelar conduz a investigação.

Até sexta-feira (28), a polícia deve ter o resultado da perícia feita no celular da vítima e também no aparelho do suspeito.

Segundo o delegado, Marcos procurou duas farmácias, nos dias 3 e 4 de junho, para tentar encontrar um remédio abortivo – pouco antes do desaparecimento. Na terça-feira (25), os bombeiros anunciaram a suspensão das buscas, devido à falta de indícios e também a falta de avanço nas investigações. No entanto, o trabalho é retomado de acordo com o recebimento de novas denúncias.



Source link

Compartilhe: