Polícia divulga novas informações sobre adolescente desaparecida em Tibagi – catve.com


Suspeito de ser um dos responsáveis pelo desaparecimento da jovem Isis Victoria Mizerski, de 17 anos, Marcos Vagner de Souza se apresentou à delegacia de Polícia Civil de Francisco Beltrão na última segunda-feira (17).

Leia as novas informações sobre o desaparecimento mais abaixo.

Marcos estava foragido e havia um mandado de prisão preventiva aberto contra ele, pelo possível envolvimento no desaparecimento da jovem, que aconteceu no dia 6 de junho, na cidade de Tibagi. O suspeito possui familiares em Francisco Beltrão e por isso estava na cidade.

De acordo com o delegado da 19ª Subdivisão Policial de Francisco Beltrão, Ricardo Moraes, o suspeito foi encaminhado para uma penitenciária e está à disposição da Vara Criminal e da Delegacia de Polícia Civil de Tibagi, que são os órgãos responsáveis pela investigação do crime.

O que a Polícia Civil sabe sobre o desaparecimento?

Em 6 de junho, a adolescente saiu de casa para informar a Marcos Vagner de Souza que estava grávida dele. Desde o dia do encontro, o qual aconteceu em uma rua atrás do cemitério de Tibagi, Isis Victoria Mizerski encontra-se desaparecida.

A Polícia Civil decretou a quebra de sigilo do aparelho celular da adolescente a fim de localizar a menina. “A última vez que a vítima teve contato com esse aparelho de celular foi por volta das 18h15 do dia 6 de junho de 2024, quando mandou a sua localização para a genitora por meio do WhatsApp”, comenta o delegado Jonas Avelar.

Ainda de acordo com o delegado, a vítima estava perto de uma empresa na PR-340 na saída de Tibagi. Testemunhas foram ouvidas e imagens de câmeras de monitoramento de estabelecimentos próximos foram coletadas pelos investigadores.

Envio de localização foi um pedido de socorro

Para a Polícia Civil, o envio da localização foi um pedido de socorro para a mãe, tendo em vista que a mensagem foi apagada logo após o envio.

Ao decorrer da investigação, os policiais identificaram que a vítima estava em Telêmaco Borba, cidade localizada a 45 km de Tibagi, próximo a uma estrada. Foram realizadas buscas na área de mata de difícil acesso com o auxílio de cães farejadores e drones. A adolescente, no entanto, não foi encontrada.

Apreensões realizadas

Três aparelhos celulares, notebook, uma pistola 380 e munições foram apreendidos na casa de Marcos Vagner de Souza, a última pessoa vista com a adolescente. Prints do celular do suspeito, segundo o delegado, demonstram que ele estava insatisfeito com a gravidez da adolescente.

Redação Catve.com



Source link

Compartilhe: