Briga com pisão no pé termina em morte e condenação no Paraná

Um homem foi condenado a 14 anos de prisão em regime fechado após matar uma pessoa que pisou no pé dele. O caso aconteceu em Primeiro de Maio, no Norte Central do Paraná, em outubro de 2022. O julgamento foi realizado no Tribunal do Júri do município após o homem ser denunciado pelo Ministério Público do Paraná (MPPR) por homicídio qualificado.

continua após a publicidade

Conforme informações do MPPR, o crime teria sido motivado por um desentendimento em uma aglomeração durante um evento festivo – um jovem de 22 anos foi morto a tiros por ter pisado no pé do agressor.

O MPPR sustentou como qualificadoras o motivo fútil e o uso de recurso que impossibilitou defesa da vítima, o que foi acatado pelo Conselho de Sentença. Além do homicídio, o réu foi condenado a seis meses de reclusão e multa por constrangimento ilegal, por ter obrigado um outro homem, mediante ameaça, a fugir do local do crime dirigindo. O julgamento foi realizado na última quinta-feira (27).

O réu foi detido dias depois do crime, durante uma blitz policial em Minas Gerais. Ele segue preso para o cumprimento da sentença.

continua após a publicidade

Compartilhe: