Veja dicas de passeios turísticos pelo Paraná durante as férias escolares


As férias escolares de julho estão batendo à porta, para facilitar a vida de pais e estudantes, o Instituto Água e Terra (IAT) preparou uma lista com quatro recomendações de passeios para quem quer se distrair e aproveitar conhecer um pouco mais dos encantos naturais do Paraná. Com a divisão por grupos temáticos, com base na terra, água, fauna e flora, apresentamos alguns cantinhos do Estado que vão te surpreender.

TERRA – A indicação é desbravar as formações geológicas do Parque Estadual de Vila Velha, um dos cartões-postais do Paraná. Localizado em Ponta Grossa, nos Campos Gerais, a Unidade de Conservação (UC) possui, entre outros atrativos, arenitos com formatos únicos, como a famosa taça. Além disso, há opções de passeio pelas furnas, lagoa dourada e atividades de aventura, como arvorismo e tirolesa, além trilhas que passam por entre a vegetação nativa.

A Unidade de Conservação (UC) terá uma programação especial de férias. Entre os dias 6 e 28 de julho, Vila Velha oferecerá várias brincadeiras tradicionais, como carrinho de rolimã, pega-pega, pai-cola, pipa, bolinha de gude, corrida do saco e ovo na colher, para que pais e filhos possam se divertir longe da tecnologia e mais perto da natureza. O espaço também foi todo planejado para as crianças poderem aproveitar com segurança um circuito de tirolesinhas, balanços e escorregadores.

Entre os dias 3 e 29 de julho, o parque estadual vai funcionar das 9h às 17h (a bilheteria fica aberta até as 15 horas). Os ingressos custam R$ 120, com meia entrada para estudantes, pessoas com deficiência e idosos. Os moradores de Ponta Grossa pagam R$ 55 para moradores. Mais informações pelo site do parque.

ÁGUA – Para quem gosta de ambientes aquáticos, o Aquário de Paranaguá, no Litoral, é uma excelente pedida para conhecer a fauna marinha do Estado. O espaço de 2 mil metros quadrados conta com 507 animais de 93 espécies, expostos em tanques e aquários nos dois andares do prédio.

O aquário funciona das 9h às 18h, todos os dias da semana. Fica na Rua João Régis, no Centro Histórico de Paranaguá. Os ingressos custam R$ 28. Crianças de 5 a 12 anos, estudantes, pessoas com mais de 60 anos e moradores de Paranaguá (é necessário apresentar o comprovante) pagam R$ 14.

FAUNA – Já para quem gosta de animais, uma boa opção é a Reserva Particular do Patrimônio Natural (RPPN) Observatório Ornitológico Nascentes do Iguaçu, em Piraquara, na Região Metropolitana de Curitiba. A área de 11,72 hectares ajuda a preservar uma grande quantidade de fauna e flora paranaenses, com destaque para 458 espécies de aves nativas. Para apreciar essa variedade, os visitantes podem subir em uma torre de observação de 13 metros de altura, além de passear por três trilhas que proporcionam um contato direto com a vegetação.

Os preços variam entre R$ 180 e R$ 900 de acordo com a atividade desejada e a quantidade de pessoas que formam o grupo de visita. O agendamento deve ser realizado via WhatsApp pelo número (41) 99708-5514 ou pelo e-mail [email protected]. A RPPN fica na Rua dos Curiós, quadras 09, 14 e 15 – Recreio da Serra, Piraquara.

FLORA – Para os amantes das plantas, a recomendação é passar um período no Jardim Botânico de Londrina, no Norte do Paraná. O local de 97 hectares possui uma grande variedade de espécies da flora paranaense divididos em cinco jardins temáticos: o Arboreto Nativas do Paraná, que reúne espécies de diversas regiões fitogeográficas do Estado; o Jardim das Barrigudas, que abriga o baobá (Adansonia digitata), uma árvore característica de Madagascar; o Jardim das Coníferas, com plantas como a araucária (Araucária angustifólia); o Jardim Desértico, com espécies do semiárido nordestino, como as cactáceas; e o Jardim da Vovó, com várias plantas presentes nos jardins domésticos.

Com entrada gratuita, a UC está aberta das 8h às 18h, e fica na Avenida dos Expedicionários, número 1.999, no conjunto Vivendas do Arvoredo, em Londrina.

Participe do grupo e receba as principais notícias da sua região na palma da sua mão.





Source link

Compartilhe: