Má campanha como visitante acende alerta no Paraná Clube

Tcheco em Paraná Clube 6×2 Grêmio Maringá

O Paraná Clube irá decidir nas próximas semanas contra o Patriotas o acesso para a Primeira Divisão do Campeonato Paranaense. Mas a má campanha da equipe fora de casa acende um alerta para o confronto. Em quatro jogos como visitante, o Tricolor registrou uma derrota e três empates.

continua após a publicidade

Dos dez clubes que disputaram a Segunda Divisão, apenas o Grêmio Maringá e o Foz do Iguaçu também não conseguiram nenhuma vitória como visitante. Já em gols marcados fora de casa, o Paraná tem o pior desempenho com apenas duas bolas nas redes em quatro jogos disputados.

“A gente precisa melhorar a nossa postura fora de casa. A gente melhorou nos últimos jogos. Mas a gente tem que saber jogar com vantagem. Serão dois jogos contra a mesma equipe, duas equipes que se enfrentaram na mesma fase. Então, vão se estudar mais. É um jogo que vai ser decidido nos detalhes”, disse Felix Jorge à Rádio Transamérica, após o empate em 1 a 1 contra o Paranavaí no último domingo (30).

+ Leia as notícias do Paraná Clube no UmDois

continua após a publicidade

Essa irregularidade como visitante tem ocorrido mesmo com o Tricolor tendo conseguido cenários favoráveis. Com exceção do duelo frente ao Iguaçu na sexta rodada, em que a equipe teve Carlinhos expulso no início do segundo tempo, nas outras partidas o time não aproveitou as oportunidades dadas pelos adversários.

Relembre tropeços do Paraná Clube

Contra o Rio Branco na segunda rodada, após sofrer dois gols na primeira etapa, o Paraná Clube ficou com dois jogadores a mais em campo desde os 26 minutos do segundo tempo, mas saiu derrotado de Paranaguá.

Frente ao Foz do Iguaçu na quinta rodada, Liliu perdeu uma penalidade e, mesmo com um jogador a mais durante todo o segundo tempo, a equipe empatou sem gols.

continua após a publicidade

Já frente ao Paranavaí, na última rodada da primeira fase, o Tricolor saiu na frente do marcador, viu a equipe alvirrubra ficar com 10 atletas em campo ainda no primeiro tempo, mas cedeu o empate na etapa final.

“Cabe agora, durante a semana, eu falar com os atletas sobre isso, resolver as situações na semana, porque nós entramos em uma fase crucial. Nós estávamos bem postados no 11 contra 11, até fazer o gol. Aí quando foi expulso o jogador deles, a gente não soube, novamente, administrar essa situação do um a mais”, explicou Tcheco em entrevista coletiva.

Tcheco admite baixo rendimento do Paraná Clube como visitante

Paraná Clube x Patriotas em 2023

O treinador ainda admitiu o baixo desempenho do Paraná Clube como visitante na competição, mas reforçou a confiança no elenco e pediu para que o torcedor mantenha o apoio ao time.

“A gente não teve sucesso nos jogos fora, mas é mais um tabu que a gente pode quebrar com esse grupo e, principalmente, preparar a equipe para essa partida. Porque ela é fora, tem esse retrospecto e é um jogo de extrema importância para a história do clube. O torcedor foi primordial na primeira fase e agora é mais do que nunca. Para empurrar nosso time, para apoiar nosso clube e ser o 12º jogador”, completou o treinador.

Mas para “quebrar o tabu” como visitante, o Paraná terá que vencer no único gramado sintético da competição. Como mandante no Atílio Gionédis na primeira fase, o Patriotas disputou cinco jogos, venceu quatro vezes e empatou uma, com nove gols marcados e dois sofridos.

O primeiro jogo entre Patriotas e Paraná será no sábado (6), às 16h, no Atílio Gionedis, em Campo Largo. A volta ainda não está definida.

O Patriotas ainda teve participação direta na eliminação do Paraná Clube na primeira fase da Segunda Divisão em 2023. O Tricolor recebeu a equipe de Campo Largo na última rodada da competição e precisava da vitória para avançar às semifinais, mas cedeu o empate nos acréscimos e ficou mais um ano sem disputar a elite do estadual.

*Jorge de Sousa, especial para UmDois Esportes

Compartilhe: