Motorista de PG morre em grave acidente em rodovia do Paraná

Alfredo Vieira da Silva trabalhou na Viação Campos Gerais por 17 anos; tombamento seguido de incêndio aconteceu na região centro-oeste do estado

Alfredo Vieira da Silva tinha 60 anos

Alfredo Vieira da Silva tinha 60 anos –

Foi identificado como Alfredo Vieira da Silva, de 60 anos, o caminhoneiro de Ponta Grossa que morreu em um acidente na PRC-487, entre Luiziana e Iretama, na região centro-oeste do Paraná. O motorista dirigia uma carreta tanque carregada com óleo vegetal, que tombou e pegou fogo no fim da tarde de segunda-feira (01º).

Segundo a Polícia Rodoviária Estadual (PRE), Alfredo conduzia uma carreta Volvo FH no sentido Iretama, quando perdeu o controle da direção, no KM 213, na região conhecida como Curva da Pedreira. O caminhão tombou e pegou fogo. O homem ficou preso às ferragens e morreu carbonizado. As labaredas se espalharam pela rodovia estadual com o vazamento do óleo.

O corpo do motorista foi levado para o Instituto Médico Legal (IML) de Campo Mourão. Um inquérito policial foi aberto para apurar as causas do acidente.

PESAR – Alfredo Vieira da Silva trabalhou na Viação Campos Gerais por 17 anos, até junho de 2021 – a informação foi confirmada pela assessoria da empresa. Nas redes sociais, amigos lamentaram o falecimento do motorista.

“Estamos tristes com sua partida repentina. Que você esteja nas mãos de Deus nesse momento”, escreveu uma amiga. “Que noticia triste já pela manhã. Eu sei que já está nos braços do pai. Tua fé era linda. Sentiremos saudades de você meu amigo”, publicou uma conhecida de Alfredo.

Informações sobre o velório e o sepultamento de Alfredo deverão ser divulgadas em breve por familiares.

Com informações de Tribuna do Interior.


Compartilhe: