A canção da “era Ozzy” no Black Sabbath que foi a preferida de Ronnie James Dio


Ozzy Osbourne, como vocalista original do Black Sabbath, é creditado por ajudar a definir o som e a identidade da banda nos anos em que estavam se consolidando. Sua voz única e presença de palco diferenciada ajudaram a estabelecer o grupo como um dos pioneiros do Heavy Metal. Clássicos como “Paranoid”, “Iron Man” e “War Pigs” marcaram a ‘era Ozzy’ por uma combinação de riffs pesados e letras sombrias que ajudaram a definir o gênero. A influência de Ozzy foi tão profunda que sua saída em 1979 representou um momento de incerteza para a banda, o que comprovou seu papel central na identidade do Black Sabbath.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE – CLI



Foto: Reprodução - Stand Up And Shout
Foto: Reprodução – Stand Up And Shout

Ronnie James Dio, que assumiu o papel de vocalista após a saída de Ozzy, trouxe uma nova dinâmica e revitalizou o Black Sabbath. Dio era conhecido por sua poderosa habilidade vocal e por escrever letras mitológicas, que deram à banda uma nova direção e profundidade. Seu trabalho em álbuns como “Heaven and Hell” e “Mob Rules” é considerado por muitos como alguns dos melhores da carreira do grupo. A entrada de Dio não só ajudou a manter a banda relevante nos anos oitenta, mas também expandiu seu legado, mostrando que o Black Sabbath podia evoluir e prosperar com uma nova voz e estilo.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE – GOO


Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

A relação entre os vocalistas, como se sabe, trazia uma certa rivalidade, apesar de existirem poucas declarações abertas de um falando sobre o outro, e há até mesmo uma conhecida imagem que mostra Ozzy e Dio aparentemente conversando de boa nos bastidores de algum show por volta de 1984.

No livro “I Am Ozzy”, ele fala sobre Dio: “Não tenho nada de negativo a dizer sobre o cara que escolheram pra me substituir, Ronnie James Dio, que esteve anteriormente no Rainbow. Ele é um grande cantor. Mas novamente, ele não sou eu e eu não sou ele. Apenas gostaria que eles tivessem chamado a banda de Black Sabbath II, só isso”. Já Ronnie comentou, em uma declaração compilada de entrevistas sobre o assunto: “Não posso dizer que não respeito Ozzy, pois ele é um dos caras da banda que criou o Heavy Metal. Ozzy sempre foi um grande amigo meu enquanto eu não estava no Sabbath, mas quando eu estava, ele sempre agiu como um miserável que só falava mal de mim. E eu sempre falei coisas boas sobre ele. Ele não merece respeito devido à falta de respeito que me ofereceu. Depois de eu ter tantos anos de carreira, não é meu trabalho ficar ajoelhado em respeito a ele. Quando você conseguir cantar como eu, eu te mostro respeito”.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE – CLI




Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Ronnie, entretanto, sempre deixou claro respeitar profundamente o trabalho do Black Sabbath, a ponto de ter revelado ao Rhapsody Blog (com resgate feito pela Rock And Roll Garage) que “War Pigs” é uma de suas canções favoritas de todos os tempos.

“Foi outra daquelas músicas em que você não esperava que chegasse onde chegou. Mas eu achei ela tão bem escrita e executada, tão diferente, tão incomum, é uma das músicas emblemáticas da banda, que eu acho que sempre será lembrada por obras como ‘Paranoid’, ‘Iron Man’ e ‘War Pigs’, que parecem simplesmente se encaixar. As letras eram do Geezer. Elas se mantêm porque eram um protesto contra as pessoas que estavam criando guerras. Nunca tinham ouvido isso antes. É um título estranho, não é? Você apenas une as duas palavras e soa tão inteligente. E musicalmente foi muito bem escrita”, disse Dio, que por sinal registrou uma releitura da música no começo dos anos setenta, quando ainda fazia parte do ELF:

” src=”https://www.youtube.com/embed/m1XrmD0uglk” width=”560″ height=”315″ allow=”accelerometer; autoplay; clipboard-write; encrypted-media; gyroscope; picture-in-picture” allowfullscreen loading=”lazy” style=”border:0;”>

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE – GOO


Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal



Source link

Compartilhe: