Paraná continua no ranking nacional de empregabilidade de jovens

O Paraná continua em terceiro lugar no ranking nacional de empregabilidade de jovens de todo o País, ficando atrás de São Paulo (204.429) e Minas Gerais (76.123). De janeiro a maio, o saldo positivo registrado foi de 53 mil novos postos com carteira assinada para trabalhadores com idade entre 18 e 29 anos.

Em relação ao mesmo período do ano passado, o avanço foi de 34,5%. Os dados são do Caged (Cadastro Geral de Empregados e Desempregados), divulgados pelo Ministério do Trabalho e Emprego. O setor que contratou mais jovens nos primeiros cinco meses foi ‘Serviços’, com 29 mil postos ocupados.

Saiba mais: Há 30 anos, Plano Real derrubava hiperinflação e estabilizava economia

Na sequência, aparecem ‘Indústria’ (14.910) e ‘Construção Civil’ (4.628). Para o secretário do Trabalho, Qualificação e Renda, Mauro Moraes, os projetos de qualificação profissional oferecidos pelo governo contribuíram para este desemprenho.

A expectativa é que até o final do ano, mais de 25 mil paranaenses concluam cursos técnicos gratuitos.

De janeiro a maio, a participação de jovens no mercado representou quase 56% do total de postos abertos. Considerando todas as faixas etárias, o Paraná também foi o terceiro estado que mais gerou empregos formais no Brasil, ficando atrás, novamente, de São Paulo e Minas Gerais, nos primeiros cinco meses do ano.  

Reportagem: Mirian Villa

Compartilhe: