Paraná tem sete veículos para cada 10 pessoas; índice bate recorde

Em 2023 o estado superou pela primeira vez mais de 70 veículos para cada 100 habitantes, aponta Detran-PR

Rodolfo Luis Kowalski

franklin

Haja gente para tanto carro? Índice de motorização do estado cresceu mais de 20% em 10 anos (Foto: Franklin de Freitas)

O índice de motorização, que nada mais é do que a taxa de veículos para cada habitante ou grupo de habitantes, atingiu uma marca histórica no ano passado. Segundo informações do Anuário Estatístico de Trânsito, divulgado recentemente pelo Detran-PR, o Paraná superou pela primeira vez a marca dos 70 veículos para cada 100 habitantes. Ou sete para cada 10 pessoas

No ano passado, sempre de acordo com os dados oficiais, a frota estadual somava 8.358.311 veículos (dados de dezembro de 2023), ao passo que a população paranaense era estimada em 12.342.362 pessoas. Isso significa que havia uma média de 70,77 veículos para cada 100 habitantes no estado, sendo que o índice de motorização, ao longo de 10 anos (2014 a 2023), avançou 20,9%, saltando de 58,56 veículos pra cada 100 pessoas para quase 71 veículos pra cada centena de habitantes.

Em Curitiba, esse cenário “congestionado” já nem é mais novidade. Conforme o Detran-PR, no ano passado haviam 1.564.473 veículos registrados no município, que somava uma população de 1.773.718 pessoas. Isso dá uma média de 77,47 veículos para cada 100 habitantes na Capital, mas desde 2019 o índice de motorização na cidade permanece acima de 75 veículos/100 habitantes. O índice chegou a recuar entre 2016 e 2018, mas desde então voltou a crescer consecutivamente.

Paraná se aproxima da marca dos 8,5 milhões de veículos

Além do Anuário Estatístico, que traz dados diversos sobre o trânsito paranaense, o Detran-PR também divulga todos os meses informações atualizadas sobre a frota de veículos no Paraná. E esses dados mostram que uma outra marca histórica está prestes a ser alcançada no estado.

Em maio (o mês mais recente com dados disponíveis) a frota paranaense já somava 8.459.317, o que significa um crescimento de 1,2% (101.006 veículos a mais) desde dezembro de 2023. A sete meses do final do ano, então, o Paraná precisa “ganhar” só mais 40.683 veículos para alcançar a marca da frota com 8,5 milhões de unidades.

Sempre de acordo com os dados oficiais do Detran, a frota de automóveis é a mais expressiva dentro da frota estadual, com 4.769.070. Na sequência aparecem as motocicletas (1.241.832) e as caminhonetes (784.402).

Curitiba, por sua vez, registra a maior frota no Paraná, com 1.573.320 veículos registrados em maio último (sendo mais de 1 milhão de carros, 152 mil motocicletas e 118 mil caminhonetes). Na sequência aparecem Londrina (422.004), Maringá (346.911), Cascavel (272.833 veículos), Ponta Grossa (241.182) e São José dos Pinhais (239.331).

Compartilhe: