Vereador é procurado pela polícia por envolvimento em homicídio

Um vereador de Reserva, nos Campos Gerais do Paraná, segue foragido da polícia. No sábado (6), um mandado de prisão foi expedido contra José Odílio dos Santos (MSB) por suspeita de envolvimento em um homicídio. O caso aconteceu no último dia 5 de julho. O sobrinho do vereador foi morto a tiros durante um velório da família. Diorgenes Fernando Ferraz Lemes tinha 24 anos.

De acordo com o delegado responsável pelo caso, Silas Castro, foram três disparos contra a vítima.

O delegado ainda explica que testemunhas relataram como motivação do crime a cobrança de uma dívida.

Outras testemunhas devem ser ouvidas e o relatório deve ser finalizado pela Polícia Civil nos próximos dias. Mesmo foragido, o vereador será indiciado por homicídio e porte ilegal de arma de fogo, já que José Odílio tinha apenas autorização para posse. Já o irmão dele deve ser indiciado por homicídio.

Em nota, a Câmara Municipal de Reserva lamentou a situação e afirmou que irá tomar medidas administrativas cabíveis diante da gravidade do fato, além de se colocar à disposição das autoridades. José Odílio é também primeiro secretário da Casa. A reportagem tenta localizar a defesa do vereador.

Veja mais: Paraná ganha nova sequência alfanumérica de placas de veículos

Reportagem: Bárbara Hammes

Compartilhe: