Destruction lança versão Thrash de “Fast As A Shark”, clássico do Accept


A banda alemã de Thrash Metal Destruction divulgou nesta quarta-feira (10 de julho) uma versão de “Fast As A Shark”, clássico do Accept, grupo alemão que influenciou diversos nomes do Heavy Metal. O cover é o lado b do single “No Kings – No Masters”.

“Quando essa música foi lançada em 1982, mudou nosso mundo. Lá estava: o primeiro hino do speed metal alemão (…). Eu ainda amo essa faixa como no primeiro dia em que a ouvi, então finalmente fazer um cover dela foi um desejo manifesto. Fizemos isso do jeito Destruction, porque o original sempre será a melhor versão! Esse é um tributo a um dos criadores da música pesada e mostra como essa música foi importante para todo o mundo do metal! Divirtam-se!”, afirmou Schmier, baixista/vocalista do Destruction, em nota publicada pelo site Blabbermouth.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE – TAB 1

A versão Thrash Metal do Destruction para “Fast As A Shark” pode ser conferida no player a seguir.

” src=”https://www.youtube.com/embed/QuFJUUT8eOk” width=”560″ height=”315″ allow=”accelerometer; autoplay; clipboard-write; encrypted-media; gyroscope; picture-in-picture” allowfullscreen loading=”lazy” style=”border:0;”>

“Fast As A Shark” é a faixa que abre “Restless And Wild”, quarto álbum de estúdio do Accept, lançado em outubro de 1982. Em outubro de 2022, Jairo Guedz (guitarrista do Troops Of Doom e ex-integrante do Sepultura) contou que “Fast As A Shark” foi a primeira música que ele ouviu e achou o som agressivo.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE – TAB 2

“A primeira coisa que eu ouvi que eu me lembro que eu achei muito agressivo… por exemplo, o Mercyful Fate. Quando eu ouvi o primeiro EP deles, eu achei muito maldoso, mas eu achei bonito (…). Mas a primeira banda que eu ouvi e que eu falei ‘Cara, o que que é isso? Que coisa agressiva’, foi Accept, ‘Restless And Wild’. ‘Fast As a Shark’, cara (…). Eu escutei e falei ‘Que que é isso, cara?’”, disse Jairo, durante participação no podcast Amplifica, apresentado por Rafael Bittencourt (guitarrista e líder do Angra).

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE – TAB 3



Source link

Compartilhe: