Previsão de chuvas intensas e fortes ventos

Alerta do Inmet para 120 municípios do Paraná

O Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) emitiu um alerta de tempestade para 120 municípios do Paraná. As regiões atingidas pelo temporal podem experimentar chuvas de até 100 milímetros por dia, acompanhadas de ventos fortes que podem chegar a 100 km/h.

Os meteorologistas indicam que os temporais se concentrarão na região norte, na Região Metropolitana de Curitiba (RMC) e em alguns municípios da região central do estado. Há riscos significativos de corte de energia elétrica, estragos em plantações, queda de árvores e alagamentos.

Segundo o Sistema de Tecnologia e Monitoramento Ambiental do Paraná (Simepar), o tempo permanecerá instável no estado nesta quarta-feira. O meteorologista Lizandro Jacóbsen destaca que a chuva será contínua e persistente na faixa norte do estado, enquanto nas regiões metropolitanas de Curitiba, litoral e Campos Gerais, a previsão é de chuva fraca. No centro-oeste do Paraná, a chuva pode dar uma trégua, mas a nebulosidade continuará alta. Além disso, o frio persistirá ao longo da semana em todo o estado.

Previsão para Principais Cidades do Paraná:

  • Curitiba: Temperatura mínima de 10ºC e máxima de 16ºC
  • Londrina: Temperatura mínima de 12ºC e máxima de 16ºC
  • Maringá: Temperatura mínima de 12ºC e máxima de 15ºC
  • Ponta Grossa: Temperatura mínima de 9ºC e máxima de 16ºC
  • Cascavel: Temperatura mínima de 7ºC e máxima de 14ºC
  • Guarapuava: Temperatura mínima de 6ºC e máxima de 14ºC
  • Foz do Iguaçu: Temperatura mínima de 8ºC e máxima de 14ºC
  • Paranavaí: Temperatura mínima de 11ºC e máxima de 15ºC

Municípios em alerta

Abaixo estão listados os municípios que podem ser afetados pelos temporais:

Abatiá, Adrianópolis, Alto Paraná, Alvorada do Sul, Andirá, Ângulo, Antonina, Apucarana, Arapongas, Arapoti, Assaí, Astorga, Atalaia, Bandeirantes, Barra do Jacaré, Bela Vista do Paraíso, Bocaiúva do Sul, Cafeara, Califórnia, Cambará, Cambé, Cambira, Campina Grande do Sul, Carlópolis, Castro, Centenário do Sul, Cerro Azul, Colorado, Congonhinhas, Conselheiro Mairinck, Cornélio Procópio, Cruzeiro do Sul, Curiúva, Diamante do Norte, Doutor Ulysses, Figueira, Florestópolis, Flórida, Guairaçá, Guapirama, Guaraci, Guaraqueçaba, Ibaiti, Ibiporã, Iguaraçu, Inajá, Itaguajé, Itambaracá, Jaboti, Jacarezinho, Jaguapitã, Jaguariaíva, Japira, Jardim Olinda, Jataizinho, Joaquim Távora, Jundiaí do Sul, Leópolis, Lobato, Londrina, Lupionópolis, Mandaguaçu, Mandaguari, Marialva, Marilândia do Sul, Maringá, Miraselva, Munhoz de Melo, Nossa Senhora das Graças, Nova América da Colina, Nova Esperança, Nova Fátima, Nova Santa Bárbara, Ortigueira, Paranacity, Paranapoema, Paranavaí, Pinhalão, Piraí do Sul, Pitangueiras, Porecatu, Prado Ferreira, Presidente Castelo Branco, Primeiro de Maio, Quatiguá, Rancho Alegre, Ribeirão Claro, Ribeirão do Pinhal, Rolândia, Sabáudia, Salto do Itararé, Santa Amélia, Santa Cecília do Pavão, Santa Fé, Santa Inês, Santa Mariana, Santana do Itararé, Santo Antônio da Platina, Santo Antônio do Caiuá, Santo Antônio do Paraíso, Santo Inácio, São Jerônimo da Serra, São João do Caiuá, São José da Boa Vista, São Sebastião da Amoreira, Sapopema, Sarandi, Sengés, Sertaneja, Sertanópolis, Siqueira Campos, Tamarana, Telêmaco Borba, Terra Rica, Tomazina, Tunas do Paraná, Uniflor, Uraí, Ventania, Wenceslau Braz.

Como se proteger de tempestades

Em situações de emergência, é importante seguir as orientações da Defesa Civil (telefone 199) e do Corpo de Bombeiros (telefone 193). Para problemas relacionados a cortes no fornecimento de energia e quedas de postes, entre em contato com a Copel pelo telefone 0800 51 00 116.

ASSEMBLEIA DA GENTE 2024

Recomendações durante rajadas de vento incluem:

  • Evitar se abrigar debaixo de árvores, devido ao risco de queda e descargas elétricas.
  • Não estacionar veículos próximos a torres de transmissão e placas de propaganda.
  • Desligar aparelhos elétricos e o quadro geral de energia, se possível.
  • Manter distância de locais com fios rompidos ou postes quebrados.

Para desastres específicos como vendavais, chuvas de granizo, deslizamentos, inundações, alagamentos, enxurradas e tempestade de raios, consulte o site da Defesa Civil para orientações detalhadas.

Estações meteorológicas e autoridades competentes monitoram continuamente as condições climáticas, garantindo que informações precisas e atualizadas sejam disponibilizadas à população. É essencial que todos estejam preparados e sigam as recomendações de segurança para minimizar os impactos das tempestades.

Destino IguaçuDestino Iguaçu


Compartilhe: